Lesões na Capoeira

A Capoeira é um jogo extremamente complexo e rico em termos de gestos corporais expressos em seus movimentos de ataque, defesa e acrobacias. Movimentos que envolvem músculos, tendões e ligamentos de diferentes partes do corpo e envolvem flexão, extensão e rotação das principais articulações.

Ginga, Benção, Armada, Queixada, Meia lua, Cocorinha, Aú… são alguns dos movimentos comumente executados num jogo de Capoeira e cada um deles envolve uma técnica de execução específica que quando mal executada por levar ao acometimento de lesões.

Infelizmente temos visto nos últimos anos um número crescente de lesões em praticantes de Capoeira como consequência de uma técnica mal executada, de um treinamento mal dimensionado e da falta de um processo pedagógico adequado.

As principais lesões da Capoeira são:

1 – Lesões Articulares

Joelhos, quadril, ombros, punhos e coluna são as principais articulações afetadas por lesões na Capoeira em função dos movimentos específicos que geram maior sobrecarga nas mesmas.

As principais lesões de joelhos do capoeirista são as lesões de Ligamento Cruzado Anterior (LCA), lesões no Menisco e na Cartilagem da Patela.

No quadril, as principais lesões estão relacionadas ao acetábulo (Síndrome do Impacto Femoro-acetabular) e Artrose.

Nos ombros as principais lesões são a Síndrome do Maguito Rotador, Tendinites, Fraturas, Síndrome do Impacto e Artrose.

Nos punhos as lesões mais comuns são as tendinites, lesões e fraturas nos tendões, ossos e ligamentos do punho em função de movimentos repetitivos e de traumas após quedas e movimentos desequilibrantes, por exemplo.

Na coluna as principais lesões são as protusões discais e as hernias de disco, especialmente na coluna lombar (L4 L5)

2 – Lesões Musculares

As principais lesões musculares na Capoeira são os estiramentos, as contraturas e contusões, especialmente nos músculos da coxa (quadríceps, adutores e posteriores) e das costas (grande dorsal).

3 – Lesões Ligamentares

As principais lesões nos ligamentos são as infamações e rupturas (parcial e total) com destaque para o Tendão de Aquiles por ser extremamente requisitado e sobrecarregado nos movimentos da Ginga

4 – Lesões ósseas

As principais lesões ósseas são as fraturas, as microfraturas de ossos dos pés, das mãos causada por traumas externos, movimentos que envolvem fase aérea (saltos) e uma técnica mal dimensionada.